OXUM: Umbandaime – 8 dez. Salve Mamãe Oxum – baixar pontos audio e texto

Spread the love - Espalha o amor
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  
  •  

mamãe oxum da cachoeira

OXUM: 8 dez. Salve Mamãe Oxum – Umbandaime – baixar pontos audio e texto

BAIXAR – DOWNLOAD – DESCARGAR – SCARICARE MP3 PONTOS DE OXUM
DOWNLOAD PONTOS OXUM MP3 (160 descargas)  * Remasterizados* 

BAIXAR – DOWNLOAD – DESCARGAR PONTOS DE OXUM PDF
DOWNLOAD PONTOS OXUM PDF (105 descargas)  *ACTUALIZADOS*

 

QUIEN ES OXUM

Madre Señora de las aguas dulces, de las aguas que corren en la naturaleza. su fundamento es la caridad. Desde el nacimiento de agua hasta el mar, ella camina, su destino es lavar. En su camino hay muchos puntos de fuerza que revelan los diferentes niveles de purificación. Espejo de agua, en su transparencia se revela la luz de Oxalá y es infinita su capacidad de clarear. Madre del conforto, su elemento suave y refrescante, penetra la naturaleza, lavando, lavando , llevando la impureza para las aguas del mar. Todos los cuerpos que están en la tierra se benefician de su dulce magia, que ella baña y sacia la sed, que ella acaricia y su canto arrulla, e su dulzura calma todo dolor.
El libro de los misterios de los Orixas, presenta diversos altares de la naturaleza que demarcan el camino de Madre Oxum en la tierra. Cada uno de ellos revela un aspecto de su misterio:

– Naciente de agua – Oxum niña. Agua cristalina fuente de toda pureza. luz transparente de la Virgen Imaculada.

-Orilla del rio – sentada en la orilla del rio, ella tiene una vasija como un grande pote blanco en su mano izquierda. Con la mano derecha ella pone agua en el pote, lavando la visión de los hijos de la tierra.

-Cascada (cachoeira) – grande lavado, que lava la cabeza de los hijos de la tierra purificando su camino. Grande Madre de la caridad.

-Pié de la cascada – A pié de la cascada, donde los rayos del sol iluminan la transparencia de las aguas que vienen de lo alto reside el misterio de Oxumaré. La Madre de las aguas dulces se encuentra con la luz del sol, completando un ciclo de comunión entre el cielo y la tierra, ella genera un hijo, el arcoiris, que representa esta eterna alianza, la unión de las dualidades, la paz.

-Fondo del rio – La vieja Oxum. En el fondo del rio ella hace la limpieza profunda, su fundamento está representado en el pulimiento de los granos de arena que forman el lecho del rio.

-Orilla del mar – Niña renacida del recorrido de las aguas, ella hace entrega de todo el lavado a Madre Iemanjá, la grande madre de todas las aguas, para que, con la sal, transforme toda la impureza en luz. su fundamento está en el misterio del encuentro de las aguas, de la princesa Janaína y de Iemanjá niña.

 

OXUM QUEM É OXUM

Mãe Senhora das Águas doces, das águas que correm na natureza. Seu fundamento é a caridade.
Do olho d´água até o mar, Ela caminha; seu destino é lavar. No seu caminho estão muitos  pontos de força que revelam os diversos níveis da purificação.
Espelho d´água, na sua transparência se revela a luz de Oxalá e é infinita sua capacidade de clarear. Mãe do conforto, seu elemento suave e refrescante penetra a natureza, lavando, lavando, levando a impureza para as águas do mar. Todos os corpos que estão na terra se beneficiam da sua doce magia, que ela banha e sacia a sede, que ela acaricia e o seu cnto embala, e a sua doçura acalma toda dor.

O livro dos mistérios dos Orixás apresenta diversos altares da natureza que demarcam o caminho de Mamãe Oxum na terra. Cada um deles revela um aspecto do seu mistério:

 -Olho d´água- Oxum menina. água cristalina fonte de toda pureza. Luz transparente da Virgem Imaculada.

-Beira do rio – Sentada na beira do rio, ela segura uma vasilha como um grande pote branco, em sua mão esquerda. Com a mão direita ela joga água no pote, lavando a visão dos filhos da terra.

-Cachoeira – grande lavação, que lava a cabeça dos filhos da Terra, purificando o seu caminho. Grande Mãe da Caridade.

-Pé da cachoeira – No pé da cachoeira, onde os raios do sol iluminam a transparência das águas que vem do alto, reside o mistério de Oxumaré. A Mãe das águas doces se encontra com a luz do sol, completando um ciclo de comunhão entre o céu e a terra, ela gera um filho, o arco-iris, que representa esta eterna aliança, a união das dualidades, a paz.

-Fundo do rio – a Velha Oxum. No fundo do rio ela faz a limpeza profunda, seu fundamento está representado no polimento dos grãos de areia que formam o leito do rio.

-Beira-do-mar – Menina renascida do percursso das águas, ela faz a entrega de toda a lavação à Mamãe Yemanjá, a grande mãe de todas as águas, para que, com o sal, transforme toda impureza em luz. Seu fundamento está no mistério do encontro das águas, da princesa Janaína e de Iemanjá menina.

WHO IS OXUMWHO IS OXUM

Lady Mother of Freshwaters, water flowing in nature. His plea is charity.
Eye of water to the sea, She walks; wash your destination is. In their way are many strong points that reveal the various levels of purification.
Water surface in its transparency reveals the light is infinite and I hope his ability to lighten. Mother of comfort, its soft and refreshing element pervades nature, washing, washing, taking the impurity to the waters of the sea. All bodies that are on earth benefit from your sweet magic, she bathes and quenches thirst, and she caresses his CNTO packs, and its sweetness soothes all pain.

The book of the mysteries of the Orishas has several altars of nature that mark the path of the Oshun Mother Earth. Each of them reveals an aspect of his mystery:

Eye-water-girl Oshun. crystal water source throughout purity. Transparent light of the Immaculate Virgin.

-Border River – Sit by the river, she holds a bowl like a big white pot in his left hand. With her right hand she throws water in the pot, washing the sight of the sons of the earth.

-Waterfall – large washing, washing the head of the sons of the Earth, cleansing your way. Great Mother of Charity.

-Foot Waterfall – At the foot of the waterfall, where the sun’s rays illuminate the transparency of the water that comes from above, lies the mystery of Oxumaré. Mother of freshwater meets the sunlight, completing a cycle of communion between heaven and earth, she begets a son, the rainbow, which represents this eternal covenant, the union of dualities, peace.

-Fund the river – Old Oshun. At the bottom of the river she cleans deep, its foundation is represented in polishing the grains of sand that make up the riverbed.

Beira-sea– Girl’s percursso reborn of water, it makes the delivery of all the washing Mother Yemanja, the great mother of all waters, that, with salt, turn on every light impurity. His foundation is in the mystery of the meeting of the waters, and Princess Janaína Iemanjá girl.

 

 

WIE IS OXUM

WIE IS Oxum

Lady Moeder van Zoet water, water dat in de natuur. Zijn pleidooi is liefdadigheid.
Oog van het water naar de zee, Ze loopt; was uw bestemming is. In hun manier zijn vele sterke punten die de verschillende niveaus van de zuivering te onthullen.
Wateroppervlak in de transparantie onthult het licht oneindig is en ik hoop dat zijn vermogen om lichter te maken. Moeder van comfort, de zachte en verfrissende element doordringt natuur, wassen, wassen, het nemen van de onzuiverheid op het water van de zee. Alle lichamen die op de aarde voordeel uit uw zoete magie, ze baadt en lest dorst, en ze streelt zijn CNTO packs, en de zoetheid verzacht alle pijn.

Het boek van de mysteries van de Orishas heeft verschillende altaren van de natuur die het pad van de Oshun Moeder Aarde. Elk van hen onthult een aspect van zijn mysterie:

Eye-water-girl Oshun. kristalwater bron in heel zuiverheid. Transparant licht van de Onbevlekte Maagd.

-Border River – Ga door de rivier, houdt ze een kom als een grote witte pot in zijn linkerhand. Met haar rechterhand gooit ze water in de pot, het wassen van de ogen van de zonen van de aarde.

-Waterval – grote wassen, het wassen van de kop van de zonen van de aarde, het reinigen van je weg. Grote Moeder van Liefde.

-Foot Waterval – Aan de voet van de waterval, waar de zonnestralen verlichten de transparantie van het water dat van boven komt, ligt het mysterie van Oxumaré. Moeder van zoet water aan de zon, de voltooiing van een cyclus van gemeenschap tussen hemel en aarde, zij verwekt een zoon, de regenboog, die dit eeuwige verbond vertegenwoordigt, de vereniging van dualiteiten, vrede.

-Fonds de rivier – Oude Oshun. Op de bodem van de rivier ze reinigt diep, is de stichting vertegenwoordigd in het polijsten van de zandkorrels die deel uitmaken van de rivierbedding.

Beira-zee – Girl’s percursso herboren uit water, het maakt de levering van alle was Moeder Yemanja, de grote moeder van alle wateren, die, met zout, zet elk licht onzuiverheid. Zijn stichting is in het mysterie van de vergadering der wateren, en Prinses Janaina Iemanjá meisje.

 

 

CHI É OXUM

CHI É OXUM

Madre Signora delle acque dolci, acqua che scorre nella natura. Il suo fondamento è la carità.
dall´Occhio di acqua al mare, lei cammina, lavare è il suo destino. Nella sua strada ci sono molti punti di forza che rivelano i vari livelli di purificazione.
Specchio di acqua nella sua trasparenza rivela la luc,e è infinita  la sua capacità di alleggerire. Madre di comfort, il suo elemento morbido e rinfrescante pervade la natura, lavando, lavando, portando l’impurità alle acque del mare. Tutti i corpi che sono sulla terra beneficio dalla sua magia dolce,  bagna e disseta, e accarezza con il suo canto, e la sua dolcezza lenisce ogni dolore.

Il libro dei misteri del Orishas presenta diversi altari della natura, che segnano il percorso della Madre Terra. Ognuno di loro rivela un aspetto del suo mistero:

nascente-acqua- Oxum bambina. acqua di sorgente cristallina tutta purezza. Luce trasparente della Vergine Immacolata.

-Riva al fiume – Siede in riva al fiume, in possesso di una ciotola come un grande piatto bianco nella mano sinistra. Con la mano destra getta acqua nella pentola, lava la visione dei figli della terra.

-Cascata – lavaggio di grandi dimensioni, lava la testa dei figli della Terra, la pulizia della loro strada. Grande Madre della Carità.

-Ai piedi Cascata – Ai piedi della cascata, dove i raggi del sole illuminano la trasparenza dell’acqua che viene dall’alto, si trova il mistero della Oxumaré. Madre di acqua dolce incontra la luce del sole, completando un ciclo di comunione tra il cielo e la terra, si genera un figlio, l’arcobaleno, che rappresenta questa eterna alleanza, l’unione di dualità, la pace.

-Fondo del fiume – Oxum Vecchia. Al fondo del fiume che pulisce in profondità, la sua fondazione è rappresentato nella lucidatura dei granelli di sabbia che compongono il letto del fiume.

Riva al mare – Bambina rinato nel percursso di acqua, rende la consegna di tutti i  lavaggi a Yemanja Madre, la grande madre di tutte le acque, che, col sale, transformerá nella luce ogni impurità. Il suo fondamento è nel mistero della riunione delle acque, e la principessa Janaina bambina Iemanjá.

 

OXUMは誰ですかOXUMは誰ですか

淡水の女性の母、自然の中を流れる水。彼の嘆願は、慈善団体です。
海への水の眼は、彼女が歩いて、あなたの宛先である洗う。それぞれのやり方で浄化のさまざまなレベルを明らかに多くの強力なポイントです。
その透明の水面は、光が無限であることを明らかにし、私は軽くするために彼の能力を願っています。快適さの母は、そのソフトとさわやかな要素は、洗濯洗濯、海の水に不純物を取って、自然に浸透している。あなたの甘い魔法から地球上の利益上にあるすべての機関は、彼女が浴びると渇き渇きを、彼女は彼のCNTOパックを愛撫し、その甘さは、すべての痛みを和らげます。

Orishasの謎の本はOshunの母なる地球のパスをマークするという性質のいくつかの祭壇を持っています。それらの各々は、彼の謎の側面を明らかにする:

目 – 水 – 少女Oshun。純度結晶全体水源。無原罪の聖母の透明な光。

ボーダー川 – 川で座って、彼女は彼の左手には大きな白い鍋のようなボウルを保持しています。右手で彼女は大地の息子の姿を洗浄、鍋に水をスローします。

– 滝 – 大洗浄、あなたの道を清め、地球の息子の頭を洗う。チャリティーの偉大な母。

フィート滝 – 太陽の光が上から来る水の透明度を照らす滝のふもとに、Oxumaréの謎がある。淡水の母は天と地の間の交わりのサイクルを完了日光を満たし、彼女は息子、虹、この永遠の契約を表し、二重性の労働組合、平和を生む。

·ファンド川 – 旧Oshun。彼女は深いクリーン川の底では、その基礎が河床を構成する砂の粒を研磨で表されます。

ベイラ·海 – 水の女の子のpercursso生まれ変わった、それはすべて洗浄マザーYemanjaの配信を行い、塩と、すべての光不純物をオンにするすべての水の偉大な母、。彼の基礎は、水の会合、プリンセスジャナイナIemanjá少女の謎になっています。

 

 

 

1 1- A FLOR DAS ÁGUAS É BRANCA E PURA

01 flor das aguas é branca     

A flor das águas
É branca e pura
Perfumosa e meiga
É a Mãe da doçura

A flor das águas
Adoça o coração
Perfuma o pensamento
De quem lhe estende a mão

A flor das águas
É Mamãe Oxum
É Mãe de tantos filhos
Mas acalenta cada um

Mamãe Oxum, um, um, um
Mamãe Oxum, um, um, um

 

 

 

 

 

22- ELA É UM PONTO DE LUZ (Marcos Trench)

02 - ELA É UM PONTO DE LUZ

Ela é um ponto de Luz
Ela está na Jurema
É Oxum minha Mãe
É Oxum minha Mãe

Ela é nossa Rainha
Ela é Mãe das princesas
É Oxum minha Mãe
É Oxum minha Mãe

As águas que correm
Na natureza
É Oxum minha Mãe
É Oxum minha Mãe

 

 

 

33 – OXUM MENINA DO OLHO D´áGUA

03 - OXUM MENINA

Oxum menina
Do olho d´água
Luz transparente
Resplandecente
De Maria Virgem
Imaculada

Oxum menina
Do olho d´água
Vem me lavar
Vem me lavar
Purificar
Purificar

 

 

 

4 4 – ORA IÊ IEU

04 - ORA IE IEU

Ora iê iê Ó! minha Mãe Oxum
Salvai salvai Ó! minha Mãe Oxum

Clareai com a sua transparência
Estes caminhos que levam até a luz
Ajudai, ajudai a persistir
Nessa trilha que a todos nos conduz

 

 

 

5 5 – FLOR DE MAIO

05 - FLOR DE MAIO

Ó! flor de maio
Ó! flor de maio
A minha Mãe é linda, flor de maio
Ora iê iêu, é flor de maio

 

 

 

66 – VENHO DAR-TE FLORES

06 - VENHO DAR-TE FLORES

Mamãe Oxum
Venho dar-te flores
Santa Senhora e te pedir
Sou filho de Umbanda
E pra te louvar eu estou aqui

Mamãe Oxum
Dai-me essa graça
Divina Santa sou filho seu
Saravá ei eiu, ô Mamãe Oxum
Saravá ie ieu

 

 

 

77 – VIM PAGAR MINHA PROMESSA

07 - VIM PAGAR MINHA PROMESSA

Ô Ô Oxum
Ô Ô Oxum
Pelos teus filhos
Ô Ô Oxum
Vim pagar minha promessa
Com Deus no coração
Saravá Mamãe Oxum
Que é a minha devoção

 

 

 

88 – MÃE ABENÇOADA

08 - MÃE ABENÇOADA

Mamãe Oxum venceu demanda
Lá na Aruanda pra nos salvar
Iluminada desceu um dia
Virou rainha desse Gongá

Mamãe Oxum vem salvar seus filhos
Vem pro tereiro, vem trabalhar
E traz do céu Mãe abençoada
A benção sagrada do Pai Oxalá

 

 

 

99 – NAS SUAS ÁGUAS A ROLAR 

09 - NAS SUAS AGUAS A ROLAR

Nas suas águas a rolar
Eu vi o chorar
De Santa Maria
Mamãe Oxum

Nas suas águas a borbulhar
Ouvi o cantar
De Santa Maria
Mamãe Oxum

Nas suas águas a brilhar
Eu vi a luz
De Santa Maria
Mamãe Oxum

Nas suas águas a lavar
Senti o Amor
De Santa maria
Mamãe Oxum

 

 

 

1010 – AONDE OXUM CHOROU

10 - AONDE OXUM CHOROU

Foi na beira de um rio
Aonde Oxum chorou

Chora iê ieu Mamãe
Olha os filhos seus

 

 

 

1111 – XANGÔ TÁ NA CACHOEIRA

11 - XANGO TA NA CACHOEIRA

Xangô tá na cachoeira
Firmando os caminhos de Oxum
Oxum vem com as suas águas
Lavando a pedra
E apontando para Ogum
Ogum vem com sua lança
Rasgando os ares
E apontando para a Luz
A chachoeira é abençoada
É o berço de meu Pai

 

 

 

1212 – LÁ NA CACHOEIRA TEM OXUM

12 - LA NA CACHOEIRA TEM OXUM

Lá na cachoeira tem Oxum
E tem Xangô, e tem Ogum

Tem água que lava, tem
Tem pedra que firma, tem
Tem lança que rasga o ar
Tem força tem, na cachoeira

 

 

 

1313 – VEM PRA BANDA DE OGUM

13 - VEM PRA BANDA DE OGUM

Oh! Mamãe Oxum
Vim te chamar pra saravar

Iê iê Oxum
Iê iê iê Oxum
Vem girar no mar
Vem pra banda de Ogum

1414 – OXUM MARIÔ

Ô ô Oxum Mariô (Mariô, Mariô,Mariô)
Ô ô Oxum Mariô
Yara Aí aô, Oxum Mariô
Iaô Aiará, Oxum Mariô

 

 

 

1515 – BRADO DA MAMÃE OXUM

15 - BRADO DA MAMAE OXUM


Ouvi um brado de Mamãe Oxum
No alto da Cachoeira
Que era prá estar cantando
Esperando Ogum para jurar bandeira

 

 

 

1616 – OXUM NAGÔ

16 - OXUM NAGO

Olha Oxum no nagô
No nagô Oxum
Iê iê olha Oxum na Cachoeira
iê iê olha Oxum cachoeira

 

 

 

1717 – ZUOU NO MEU TAMBOR

17 - ZUOU NO EU TAMBOR

As águas que rolam na cachoeira
Zuou, zuou no meu tambor

Ora iê iê ô! Mãe
Ora iê iê ô! Mãe

 

 

 

1818 – EU VI MAMÃE OXUM

18 - EU VI MAMAE OXUM

Eu vi mamãe Oxum da cachoeira
Sentada na beira do rio

Colhendo lirio, lirio ê
Colhendo lirio, lirio á
Colhendo lirio
Pra enfeitar nosso gongá

Mamãe Oxum tem proteção de Zambi
Olhai seus filhos com olhar sereno
Ela é beleza
Ela é pureza
Ela nos traz a paz
Do Santo Nazareno

 

 

 

1919 – LIRIO QUE DA NO CAMPO

19 - LIRIO QUE DA NO CAMPO

O lírio que dá no campo
Da água nasce uma flor

é a flor de Oxum Pandá
Oxum Maré e Oxum Dokô

 

 

 

2020 – LÁ NA CACHOEIRA

120 - LA NA CACHOEIRA

Lá na cachoeira
Tem água de Mamãe Oxum

Desce do alto
Corre na beira
E vem lavar os corações
Mamãe Oxum
Dai-me a sua água
Para eu me banhar

Abençoa Ó! Mamãe
O meu caminhar

 

 

 

2121 – AS ÁGUAS CLARAS

21 - AS AGUAS CLARAS

As águas claras
Que rolam na cachoeira
São as águas
De Mamãe Oxumaré

Que linda é aêê
Que linda é aêê
Que linda é aêê
Oxumaré

 

 

 

2222 – OXUMARÉ NASCEU LÁ NA PEDREIRA

22 - OXUMARE NASCEU

Oxumaré
Nasceu lá na pedreira
Desceu a cachoeira
E mora no seu pé

Oxumaré
Tem um filho colorido
Deitado no seu pé

Ele vem do sol
O filho dela
E repousa ali
Ao lado dela

Olha lá as cores
Que tem o filho dela
Olha lá a luz

Ela é Oxumaré
E o filho dela
É como é

 

 

 

 

2323 – OXUMARÉ

23 - OXUMARE

A lua vem surgindo
Prateando a cachoeira
Aiê iêu , Mamãe Oxum
Aiê iêu Oxumaré

 

 

 

2424 – CHAMEI SENHORA DA PAZ

24 - CHAMEI SENHORA DA PAZ

Chamei, chamei
Senhora da paz
Chamei, chamei
Seu filho aqui jaz

Oxumaré
No pé da cachoeira
Nos dai a luz
Da paz verdadeira

Com o arco-iris
Brilhante de cores
Iluminai
Todos estes sofredores

Mamãe, Mam~e
Quero me levantar
Os desorientados
Iluminar

Senhora da paz
Serenai, serenai
Na reconciliação
Do caminho de Pai

 

 

 

2525 – PONTO DE OXUMARÉ (Elizabete Moreira)

25 - PONTO DE OXUMARE

Oxum, Oxum, Oxumaré
Seu arco-iris azul é
Oxum, Oxum, Oxumaré
Seu arco-iris amarelo é
Oxum, Oxum, Oxumaré
seu arco-iris rosa é
Oxum, Oxum, Oxumaré
Seu arco-iris branco é
Oxum, Oxum, Oxumaré
Seu arco-iris verde é
Oxum, Oxum, Oxumaré
Seu arco-iris vermelho é
Oxum, Oxum, Oxumaré
Seu arco-iris violeta é

 

 

 

2626 – PADROEIRA DOS MENINOS

26 - PADROEIRA DOS MENINOS

Eu sou a água
Que corre no fundo do rio
Eu lavo, lavo
Eu lavo lavo
E aos grãos de areia
Eu dou o brilho

Nossa Senhora Aparecida
Está em mim
Padroeira dos meninos
E do Senhor
Do Bomfim

Eu vou lavar, eu vou lavar
Eu vou lavar
Todos cristais, todos cristais
Que no passado
Eu for buscar

Toda memória
Eu vou clarear
Cristalina
Como as águas
Eu vou deixar

 

 

 

2727 – OXUM DO FUNDO DO RIO

27 - OXUM DO FUNDO DO RIO

Oxum beleza pura
Do fundo do rio
Mamãe Aparecida
Ora iê ieu Mamãe

Poli meu coração
Com a Vossa candeia
Ó! Vós que dai o brilho
Aos pequeninos grãos de areia

 

 

 

2828 – APARECIDA

28 - APARECIDA

Eu peço a meu Pai
Me mostre a minha Mãe querida

Ela é a minha Mãe
Ela e a Mãe da minha vida

Vou te revelar
Quem foi a mãe do mundi inteiro
Vou te revelar
Quem é a Mãe dos brasileiros

Também querem que Ela faça
Como faz lá no estrangeiro

Ói que eu vou mostrar
Aonde está tua Mãe querida

Ela é a nossa Mãe
Senhora Aparecida

 

**ATÉ AQUI PONTOS NO CADERNO DE UMBANDAIME OFICIAL***

 

 

 

2929 – CABOCLA DE OXUM

29 - CABOCLA DE OXUM

Ora iê iêu, ora iê iá
É uma cabocla que adora barbaxhar

É de Oxum, Ela é Pandá
Vem de Aruanda pro terreiro  trabalhar

 

 

 

3030 – EU VOU LAVANDO

30 - EU VOU LAVANDO

Eu vou lavando
Devagarinho
Com as minhas preces
De Mamãe Oxum

Eu sou Oxum
Da beira-mar
Eu sou das águas
Oh! Mamãe Iemanjá

Ogum
Da beira-mar
Ele é meu padrinho
Vem rompendo o caminho
Pra Jurema passar]

3131 – MAMÃE OXUM DAS CACHOEIRAS]

31 - MAMAE OXUM

Mamãe Oxum
Das cachoeiras
Balança as águas
Dos rios e das ribeiras

Das fontes dos lagos
E das águas mansas
Das águas claras
Da paz e da esperança

Oxum iá
na minha Santa Catarina
Livrai teus filhos
De todas as ruinas

Senhora da gloria
E da consolação
Senhora das candeias
Senhora da Conceição

Vou entrar nas águas
Das cachoeiras
Para encontrar a Deusa
Aiê iê Oxum guerreira

Quero me limpar
Nas águas sagradas
Sair bem leve
Feliz e abençoada

 

 

3232 – MAMÃE OXUM

32 - MAMAE OXUM

Antes do sol nascer
A lua se esconder
Madrugada cair

Eu vi a lua caindo
Ela é prateada
E como clareia a beira-mar

Eu vi as crianças brincando
Na beira da areia
E são os sete filhos de Iemanjá

Eu vi a Mamãe Oxum
Tirando nas cachoeiras
E é uma enviada de Oxalá

 

 

 

3333 – MAMÃE OXUM

33 - MAMAE OXUM

Nas águas de Mamãe Oxum
Eu lavei minha coroa
Cristal azul, raio de luz
É doce como mel
Limpa e pura como o ar

Sua beleza brilha no espelho
Da natureza do que é bonito
É dos rios e cachoeiras
E esta força parte
Desaguando o infinito

Oh minha Mãe minha professora
Me ensina a ter carinho
Ter firmeza e alegria
Para todos vencer
E seguir neste caminho

Foi a Virgem da Conceição
Que me deu este destino
De gravar no coração
E testificar
cantando aqui estes ensinos

 

 

 

3434 – MÃE D´ÁGUA

34 - MAE D-AGUA

Quero ser Vossa filha
Quero ser Vossa filha
Dentro de Vós
Mãe d´água

Quero seguir com Vós
Quero seguir com Vós
Perto de ti
Mãe d´água

Oxum da Cachoeira
O Santa vida inteira
Dentro de mim
Mãe d´água

 

 

3535 – MINHA MÃE MARIA (Maria Alice)

35 - MINHA MAE MARIA

Minha mãe Maria
Vós venha me abençoar
Para eu passar
Por mais esta provação

Por vosso amor
Eternamente eu consagrar
Fortificai
A minha servidão

Minha mãe Maria
Vós que sois mamãe Oxum
Purificai
O meu coração

Poli, poli
Todos estes cristais
Pra eu consagrar
O vosso amor nesta missão

Minha mãe Maria
Inspirai-me o vosso pranto
Pra eu lavar
Todas estas almas em agonia

Lavai, lavai
Oh! Minha mãe Maria
Confortai-nos
Com vosso divino manto

Minha mãe Maria
Mais uma conta eu vou contar
Do meu rosário
Que aqui venho apresentar

Por caridade
Minha mãe eu vou rogar
Mamãe Oxum
Águas celestes a lavar

 

 

3636 – MAMÃE OXUM VELA DO ALTO

36 - MAMAE OXUM VELA DO ALTO

Mamãe Oxum vela do alto
Sempre as pedras a lavar
Ensinai-me oh minha Mãe
Para eu me purificar

Eu quero agradecer
Si eu aprender a amar
Vós dai-me o Vosso segredo
Para sempre confortar

Quero ser a Vossa filha
Vós me ensinai a amar
Para no meu coração
Vosso amor eu consagrar

Oh a minha Mãe Oxum
Vós a minha proteção
Para eu mostrar pro mundo inteiro
As flores do meu coração

Eu vou a agradecer
Coração a salvação
Nas graças da minha Mãe
Irmos pedir a benção

3737 – GOTA D´ÁGUA

37 - GOTA D-AGUA

Ummm Ummm
Cai a chuva trovejando
Coriscando sem parar
Vento forte balançando
Raios correndo no ar

Arranca a mágua
De dentro do coração
E perdoando
Também recebi o perdão

Gota d´água derramando
Vai caindo sem parar
As águas vão trasbormando
Cresce o rio cresce o mar

Vai lá tristeza
Que vai no teu coração
Com alegria
Vive em paz com teu irmão

 

 

 

3838 – Ô MÃE DAS ÁGUAS LEVANTAI MEU PENSAMENTO

38 - MAE DAS AGUAS

Oh Mãe das águas
Oh Mãe das águas
Levantai meu pensamento

Daime a presença divina
Limpai o meu pensamento

Eu vou pedindo
Eu vou louvando
Limpai o meu coração

Para eu seguir com São João
Para eu cumplir minha missão

Quem me mandou, quem me mandou
Foi a Virgem da Conceição
Para eu seguir neste caminho
Ajudar os meus irmãos

 

3939 – 7 CACHOEIRAS

39 - 7 CACHOEIRAS

Por detrás de aquela serra
Tem uma linda cachoeira
Aonde mora Oxumaré
E o seu Sete Cachoeiras

 

 

 

4040 – OXUM (Leo Artese)

40 - OXUM

Das águas doces
Águas infindas
Tu sois Rainha
De todos rios

Tu sois Fecunda
Linda Mamãe
Tu sois a Graça
Doce Mãezinha
Das águas claras
Recebo Amor
Ayeyeô
Mamãe Oxum

Nas cachoeiras
Minha Mamãe
Tua beleza
Eu posso ver

Ouço o teu canto
E o teu encanto
Daime as pedras
Que vem dos rios
Tua Abundância
Possa fluir
Ore ayeyeô
Mamãe Oxum

Doce Rainha
Mãe menininha
Mãe caridosa
Tu sois Amor

Águas profundas
Correm nos rios
Linda Oxum
Soberania
Mãe cuidadosa
Mãe menininha
Ayeyeô
Mamãe Oxum

Doce e Formosa
Mãe menininha
Borbulham águas
De todos os rios

Suavemente
O teu encanto
Está nas águas
De todos os rios
Vão para as águas
De Iemanjá
Ayeyeô
Mamãe Oxum

 

 

[zooeffect AQNAtBbdp69T]

 

 
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

 Post details 

 Leave a comment 



 © 2017 - I LOVE SANTO DAIME DOWNLOAD